• Naty Fogaça

Elopement Minimalista urbano

Atualizado: 28 de Jun de 2018

Um casamento a dois, também conhecido como elopement wedding, é uma boa pedida quando se preza por uma maior atenção aos detalhes.



Sem convidados. Assim é o elopement wedding, cuja grande vantagem é poder concentrar todo o foco da produção tendo em vista única e exclusivamente os noivos.


“Um casamento a dois, também conhecido como elopement wedding, é uma boa pedida quando se preza por uma maior atenção aos detalhes.”

Neste elopement, a abordagem foi plenamente minimalista. No altar da cerimônia, dois tapetinhos persa legítimos proporcionaram o enquadramento. Adornos com cactos e suculentas e uma pequena ânfora em prata do século XIX deram aquele toque especial.




O brinde dos noivos foi realizado com taças de cristal Baccarat da década de 20, tornando o momento ainda mais exclusivo. E a lapela do noivo, foi uma impressão a parte, pois incluía uma mini pinha, de forma a representar a cidade dos noivos, Curitiba.




A mesa dos doces aproveitou o fundo cobogós em tom vermelho, que contribuiu para dar maior destaque à composição. Itens em cristal e prata de época garantiram o contraste de elementos, deixando tudo ainda mais belo.


“O brinde dos noivos foi realizado com taças de cristal Baccarat da década de 20, tornando o momento ainda mais exclusivo. E a lapela do noivo, foi uma impressão a parte, pois incluía uma mini pinha, de forma a representar a cidade dos noivos, Curitiba.”






A mesa dos noivos, disposta à frente da mesa dos doces, manteve o clima urbano. Vidros de farmácia centenários serviram de vasos para os ramos de capim dos pampas. Formas geométricas em vidro com armação em metal garantiram o ar contemporâneo.


“A mesa dos doces aproveitou o fundo cobogós em tom vermelho, que contribuiu para dar maior destaque à composição. Itens em cristal e prata de época garantiram o contraste de elementos, deixando tudo ainda mais belo.”

Antiquíssimos talheres Cristofle banhados em ouro 22k selaram o quesito luxo. Pratos ingleses anteriores a Segunda Grande Guerra foram responsáveis por ditar a paleta de cores predominante.






Além de cenográficos, todos os itens disponibilizados também eram funcionais. Taças, pratos, talheres, tudo foi usufruído pelos noivos neste que foi o grande momento de suas vidas.


“A mesa dos noivos, disposta à frente da mesa dos doces, manteve o clima urbano. Vidros de farmácia centenários serviram de vasos para os ramos de capim dos pampas. Formas geométricas em vidro com armação em metal garantiram o ar contemporâneo.”



O balcão do estabelecimento também recebeu atenção. Suqueiras em cristal deixaram o ambiente mais colorido, enquanto os adornos mantiveram a mesma linha em toda decoração.


“Antiquíssimos talheres Cristofle banhados em ouro 22k selaram o quesito luxo. Pratos ingleses anteriores a Segunda Grande Guerra foram responsáveis por ditar a paleta de cores predominante.”




O buquet é sempre um item de grande importância, seja pela representatividade simbólica, seja pelo incremento estético potencial. Além da necessidade em agradar a noiva, há sempre o desafio em manter a sinergia visual com o restante da produção artística.




Ficha Técnica


Noivos: Katlyn & Felipe

Vestido: Sandra Kanayama

Maquiagem: Emerson Gonçalves

Fotografia: Fer Cesar

Vídeo: Jaime Silveira

Local: Marbô Bakery

Produção e Acervo: Naty Fogaça


#Elopement #Minimalista #Urbano #Baccarat #Cristofle

  • Instagram
  • Branca Ícone Pinterest
  • Facebook
  • LinkedIn
Londres | São Paulo | Curitiba | Marrakesh | Dubai | Lisboa
Worldwide Services  -